Após morte de Ricardo Boechat, BandNews FM pede desculpas e sai do ar

11 de fevereiro de 2019

Os colegas do jornalista anunciaram a notícia, pediram desculpas e não conseguiram continuar a transmissão

Após a confirmação da morte de Ricardo Boechat, no início da tarde desta segunda-feira (11/2), a Rádio BandNews saiu do ar. Os colegas do jornalista anunciaram a notícia, pediram desculpas e não conseguiram continuar a transmissão.

Boechat estava em um helicóptero que caiu sobre um caminhão no Rodoanel, em São Paulo. Além dele, o piloto que comandava a aeronave também faleceu.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o helicóptero caiu em cima de um caminhão que trafegava pela via, no sentido interior, próximo à Praça do Pedágio. O motorista do caminhão ficou ferido, mas não corre risco de vida.

A revelação de que o jornalista tinha morrido foi feita ao vivo na Rádio Band. A repórter Sheila Magalhães foi quem noticiou. “Boechat apresentou o noticiário da Band News logo pela manhã, esteve em Campinas para um evento de um laboratório farmacêutico, foi a bordo de um helicóptero, acompanhado de um piloto”, descreveu. “Ele pegou o helicóptero por volta das 11h50 da manhã e pousaria no Grupo Bandeirantes por volta de 12h15, o que não aconteceu”, disse.

Por volta das 14h, a Band News informou, via programação da rádio, que sairiam do ar. Os colegas do jornalista pediram desculpa aos ouvintes e disseram que não estavam em condições de continuar a transmissão. Na sequência, ficou apenas a vinheta no ar.

Na Band, canal em que ele trabalhava, o apresentador José Luiz Datena foi quem informou a morte. “Se o Boechat estivesse aí vivo agora, ele diria que a vida vale a pena para caramba”, disse chorando. Metrópoles 

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Entre em contato conosco 😊

Travessa Cincinato Fernandes 265
Centro, Guanambi - Bahia