Cabo da PM é morto após ser cercado por criminosos na Santa Cruz. 17º BPM emite nota de pesar

10 de junho de 2018

O Comandante do 17º BPM, emitiu nota de pesar pelo assassinato do cabo Gustavo Gonzaga da Silva

Um policial militar foi morto na madrugada deste sábado, 9, no final de bairro da Santa Cruz, em Salvador. O cabo Gustavo Gonzaga da Silva, 44 anos, foi morto a tiros.

O policial passava pelo local em um veículo Onix, quando foi cercado por homens, que dispararam contra ele. O cabo reagiu, mas foi atingido e não resistiu aos ferimentos.

Guarnições da 40ª Companhia Independente da Polícia Militar isolaram a área e solicitaram o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para realizar a perícia e remoção do corpo.

Gonzaga era da 4ª Cia de Saúde, do Batalhão de Guarda da Polícia Militar, e estava na PM há mais de 22 anos. Ele deixa mulher e duas filhas.

O sepultamento foi realizado neste domingo, 10, às 11h, no Cemitério Campo Santo, localizado na Federação.

NOTA DE PESAR

O Comandante do 17° Batalhão e toda sua tropa se solidarizam com a dor sentida pela família e amigos do Cb PM Gustavo Gonzaga da Silva, que fora brutalmente assassinado na capital baiana, no dia 09/06/2018, enquanto voltava para sua residência. Tal Policial Militar dispensou 22 anos de bons serviços à nossa Corporação e merece nosso respeito e consternação nesse momento de luto em família.

Informações do A Tarde Online e Ascom BPM / Portal Fala Voce

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Entre em contato conosco 😊

Travessa Cincinato Fernandes 265
Centro, Guanambi - Bahia