Covid-19: MPF instaura procedimento para acompanhar a vacinação em Guanambi (BA) e mais 25 municípios da região

20 de janeiro de 2021

Prefeitos devem informar quantidade de doses recebidas nessa primeira etapa e lista das pessoas vacinadas, com respectivo critério de prioridade.

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou na última segunda-feira (18) um procedimento administrativo (Notícia de Fato) para acompanhar a vacinação contra a covid-19 nos 26 municípios de atribuição da unidade do órgão em Guanambi (BA) – município a 676km de Salvador. O objetivo é evitar a aplicação de vacina em quem não integra o grupo prioritário da primeira fase e, em caso de inobservância dos critérios, permitir a adoção das medidas judiciais cabíveis.

No dia seguinte, foram enviados ofícios aos prefeitos de Guanambi e Caetité para que informem, no prazo de cinco dias, a contar do fim da primeira etapa da vacinação: o quantitativo de vacinas recebido na primeira etapa e a lista das pessoas vacinadas, com sua respectiva qualificação e o critério em que se enquadraram para recebimento. Além desses dois, também serão oficiados, nessa quarta-feira, 20 de janeiro, todos os prefeitos dos municípios sob atribuição do MPF em Guanambi.

Municípios da área de abrangência do MPF em Guanambi: Guanambi, Botuporã, Caculé, Caetité, Candiba, Carinhanha, Caturama, Érico Cardoso, Ibiassucê, Ibitiara, Iuiú, Jacaraci, Lagoa Real, Licínio de Almeida, Malhada, Matina, Mortugaba, Novo Horizonte, Palmas de Monte Alto, Paramirim, Pindaí, Rio do Antônio, Rio do Pires, Sebastião Laranjeiras, Tanque Novo e Urandi.

Assessoria de Comunicação
Ministério Público Federal na Bahia

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Entre em contato conosco 😊

Travessa Cincinato Fernandes 265
Centro, Guanambi - Bahia