“A gente não precisa de festa, de roupa, de nada para que você seja feliz”, explica a terapeuta Lopes

14 de dezembro de 2020

Norma Lopes, pedagoga e terapeuta INL e MO.V, fala sobre o momento pede amor conosco.

A entrevistada desta segunda-feira (14), Norma Lopes terapeuta especialista em INL e MO.V, trouxe ao ar no Fala Você o tema “O momento pede amor”. Lopes, falando sobre o tema com enfoque neste período de pandemia pontuou que esse “quadro que a gente chama de tempos difíceis, eu diria que é talvez uma lição. É difícil para gente responder lá, nós estamos passando por um processo escolar. A vida ela nos convidou para olhar para ela, para senti-la porque estávamos vivendo no automático vivendo no ter, no material, na festa no como vai estar meu cabelo hoje? Qual a roupa que eu vou vestir? De repente a vida falou: ‘volte para dentro de casa’. A gente não precisa de festa, de roupa, de nada para que você seja feliz.”

Norma fez uma observação no tocante à felicidade. Para ela “a gente estava buscando a felicidade no externo. As pessoas querem ser feliz a qualquer preço, crer a qualquer custo e não paramos para pensar um pouquinho na gente”

Quanto à pandemia e ao coronavírus, a terapeuta disse que é uma “lição de casa”. “E aí chegou essa lição escolar, já que a gente vive dentro da mesma escola, a grande escola que é o Planeta Terra. Isso aqui não é um lugar para a gente passar férias, é um lugar para a gente aprender, para evoluir. Então, aí chegou essa liçãozinha mais difícil, já que a gente achou difícil ficar em casa. Quando eu tô falando aqui “fica em casa” não é em casa física, é em casa, dentro, interior, que a gente acha difícil. Mas, sabe por que a gente acha difícil? Porque a gente não se conhece, é por isso que as pessoas estão falando que nós estamos vivendo tempos difíceis. Muitas pessoas adquirem esses atos por que vêm de uma educação, de crenças que a gente carrega e que foram colocadas nessa pessoa. Mahatma Gandhi diz que nós somos a transformação que queremos ver no mundo.”

Norma também enfatiza que “a educação ela transforma o homem, o conhecimento nos liberta”. Mas como é que nós temos tratado a educação? Todos estão estudando, agora, uma forma de resolver o comércio, as festas. Para o homem, a educação nunca foi prioridade.”

Ouça a entrevista na íntegra ou assista a live da entrevista a partir dos 45 minutos de vídeo.

 

 

De acordo à Lei 9.610/1998, que trata sobre os direitos autorais, não é permitido à propagação desta entrevista ou fragmentos, em outros veículos de comunicação, bem como em redes sociais, sem a solicitação de autorização a este veículo de comunicação.

Por Willian Silva – Portal Fala Você Notícias 

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Entre em contato conosco 😊

Travessa Cincinato Fernandes 265
Centro, Guanambi - Bahia