Mesmo com a pandemia a produção dos associados do Cesol não parou; coordenador relata todas as ações

17 de dezembro de 2020

Ramon Lima, coordenador Administrativo, fala sobre as ações realizadas pelo Centro Público de Economia Solidária (Cesol) Sertão Produtivo no ano de 2020. 

Ramon Lima, coordenador administrativo do Centro de Economia Solidária (Cesol) Sertão Produtivo, foi o convidado desta quinta-feira (17), no programa Fala Você com Neide Lu e falou das ações realizadas pelo Cesol durante o ano de 2020. O Cesol tem como objetivo garantir o acesso do produtor quer seja associações ou coletivos, ao mercado visando à geração de emprego e renda, principalmente em localidades onde o acesso ao emprego é muito difícil. Lima observa que o Cesol tem o apoio e fomento do governo do estado da Bahia e se constituiu como uma política social que promove a igualdade de acesso.

O coordenador pontua que o Cesol fornece a assessoria para mais de 20 municípios que constituem o chamado Território do Sertão Produtivo. Os produtos são os mais diversos: queijo, rapadura, mel de abelha, artesanato em tecido e com recicláveis, polpas de fruta, hortifruti orgânico, sucos e polpas e uma diversidade de produtos que podem ser extraídos, beneficiados e vendidos dentro do próprio território e até levado para outras regiões do Brasil e até do mundo. Ramon faz uma observação que o Cesol não tem nenhuma participação financeira decorrente das vendas, a chamada porcentagem. Segundo ele, o valor do que é vendido é repassado integralmente aos empreendimentos que se somam em quase 130 deles, espalhados por toda a região de Guanambi e Caetité.

Ramon é enfático em dizer que o ano de 2020 dificultou a realização de algumas atividades dos Cesol, já que a pandemia do novo coronavírus impediu que algumas ações conjuntas fossem realizadas durante todo esse período. Mas isso não impediu que outras ações, segundo Ramon, fossem idealizadas. Ele citou a doação de máscaras, através das artesãs do Cesol, para o Lar dos Velhinhos de Guanambi; a realização de live solidária com foco na venda dos produtos dos associados afetados pela pandemia e também a troca solidária que consistiu na doação de alimentos em troca de máscaras. Os alimentos, de acordo com Ramon, foram destinados para as famílias penalizadas pela pandemia e os associados que tiveram as vendas prejudicadas pelo novo vírus.

O Cesol está localizado na rua 1º de Maio, no centro de Guanambi. Contato e Whatsapp: (77)3452-1676.

Ouça a entrevista na íntegra ou veja a live clicando aqui a partir dos 40 minutos de vídeo.

 

 

De acordo à Lei 9.610/1998, que trata sobre os direitos autorais, não é permitido à propagação desta entrevista ou fragmentos, em outros veículos de comunicação, bem como em redes sociais, sem a solicitação de autorização a este veículo de comunicação.

Por Willian Silva – Portal Fala Você Notícias 

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Entre em contato conosco 😊

Travessa Cincinato Fernandes 265
Centro, Guanambi - Bahia