Vale diz que evacuação em Barão de Cocais foi preventiva

8 de fevereiro de 2019

Inspeções na barragem serão intensificadas

A mineradora Vale informou hoje (8) que a evacuação de uma área próxima à barragem Sul Superior da mina Gongo Soco, em Barão de Cocais (MG), foi feita de forma preventiva, depois que a empresa de consultoria Walm negou a Declaração de Condição de Estabilidade à estrutura.

Por meio de nota, a empresa destacou que a determinação de evacuação foi feita pela Agência Nacional de Mineração (ANM) após ser informada pela própria Vale que a mineradora estaria dando início ao nível 1 do Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração.

A ação teve início na madrugada e afetou cerca de 500 pessoas nas comunidades de Socorro, Tabuleiro e Piteiras, todas situadas na cidade de Barão de Cocais, distante 100 quilômetros da capital Belo Horizonte.

“Como medida de segurança, a Vale está intensificando as inspeções da barragem Sul Superior. Também será implantado equipamento com capacidade de detectar movimentações milimétricas na estrutura. A Vale está trazendo consultores internacionais para fazer nova avaliação da situação no próximo domingo (10).” Agencia Brasil

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Entre em contato conosco 😊

Travessa Cincinato Fernandes 265
Centro, Guanambi - Bahia