A importância do falar, mas também do ouvir para resolver impasses que pode levar ao suicídio

23 de setembro de 2021

Gilmar Rodrigues psicanalista clínico, fala sobre setembro Amarelo: prevenção ao suicídio.

Em meio as adversidades a valorização da vida é imprescindível, portanto o Fala Você Notícias, procurou o psicanalista Rodrigues para uma melhor compreensão em torno do setembro amarelo, no dia 23.

“É preciso falar sobre o sofrimento, é preciso falar sobre a dor”, diz Gilmar abrindo a entrevista, que define o suicídio como o excesso de dor e sofrimento. Ele contou a história de Sigmund Freud e Berta Poterrayne na descoberta da terapia associação livre. Segundo Freud, quando a boca não fala os dedinhos denunciam.

Gilmar cita que “fomos muito tolhidos de falar, exemplo: na escola os alunos na sala de aula quando falam, dizem cala a boca senão eu levo pra diretoria, na igreja só padre, pastor, o líder que fala, quando vamos pra casa de amigos, lá se recomenda calar a boca, senão em casa eu te pego”.  “Falar é importante para expressar a dor”, afirma.

O psicanalista enfatiza muito sobre a importância do falar, mas também pontua sobre a importância de ouvir, mesmo em tempos que as pessoas não estão mais com o hábito de ouvir. Precisa dar importância a dor desse sujeito, ele precisa ser assistido falando sobre o problema e não negando.

Gilmar dar riquíssimas orientações para os pais saber lidar com os filhos nesses momentos mais difíceis. Dê um clique na entrevista e assista, ele também fala sobre a importância do setembro amarelo e as principais causas que leva a pessoa a cometer o suicídio.

 

Assista o vídeo da entrevista:

 

Por Neide Lu (MTBE 06466) / Portal Fala Você Notícias

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Entre em contato conosco 😊

Email: [email protected]
Telefones: 77 99804-6819
Travessa Cincinato Fernandes 265
Centro, Guanambi - Bahia