Como tem sido os bastidores médicos da covid-19 em Guanambi; Dr. Welton relata

21 de outubro de 2020

Dr. Welton Cardoso dos Santos, coordenador do Samu 192 de Guanambi, professor da Unifg, médico responsável pelo Hospital de Campanha Municipal e o PA Covid-19, bate-papo sobre a vivência médica nos atendimentos de pacientes nas unidades covid-19.

Já é sabido da população de Guanambi que Prefeitura Municipal instalou dois equipamentos de saúde destinados ao combate ao novo coronavírus: o Pronto Atendimento Covid-19 (P.A. Covid-19) e o Hospital de Campanha, no antigo Hospital São Lucas. Manter essas duas unidades em funcionamento exige todo um protocolo a ser seguido. É sobre esses protocolos e todo o trabalho realizado nestas unidades que o convidado desta quarta-feira (21) do Fala Você Notícias é o médico Welton Cardoso, responsável pelas duas unidades de tratamento de Covid-19.

O médico pontua que não é uma missão fácil. “No mês de abril, o secretário de saúde Manoel Paulo, me chamou e falou que estava com a intenção de montar esse serviço de combate à Covid-19 no município e, naquele momento a gente achou que seria algo rápido. A gente achava que seria uma doença que viria, que teria o pico da doença e que, depois iria passar como todos os vírus sazonais. O que a gente tem percebido no decorrer desse tempo é que a doença vem cada vez mais se prolongando. E agora, ainda mais, os casos têm aumentado e acaba demandando muito serviço pra gente.”

Quanto a questão do trabalho, o médico, diz que a carga de trabalho tem aumentado consideravelmente, pois, como ele esclarece, os números não estão reduzindo e não se consegue profissionais da área de saúde para auxiliar na demanda crescente. “Tem sido um desafio. Lá, no início (da pandemia), a gente tentou conseguir profissionais médicos para iniciar os atendimentos no nosso pronto atendimento e foi uma luta muito difícil. Foram tentativas de convencimento dos colegas (médicos), e muitos deles resistentes até mesmo pelo medo também. Eu creio que, todas aquelas notícias que vieram lá de fora acabaram amedrontando as pessoas, inclusive os profissionais da área de saúde.”

Questionado por Neide Lu se o profissional já teve a doença, Cardoso respondeu que não. “Dos nossos colegas, apenas uma teve à Covid-19, até o momento. Ela teve a forma leve (da doença). Na época era apenas 14 dias e com esse período, ela voltou às atividades.”
Ouça a entrevista na íntegra:

 

Veja a entrevista a partir dos 29 minutos de vídeo:

#FalaVocêNotícias hoje (21), com Dr. Welton Cardoso dos Santos, coordenador do Samu 192 de Guanambi, professor da Unifg, médico responsável pelo Hospital de Campanha Municipal e o PA Covid-19, bate-papo sobre a vivência médica nos atendimentos de pacientes nas unidades covid-19.

Posted by Rádio 106 FM Guanambi on Wednesday, October 21, 2020

De acordo à Lei 9.610/1998, que trata sobre os direitos autorais, não é permitido à propagação desta entrevista ou fragmentos, em outros veículos de comunicação, bem como em redes sociais, sem a solicitação de autorização a este veículo de comunicação.

Portal Fala Você Notícias

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Entre em contato conosco 😊

Travessa Cincinato Fernandes 265
Centro, Guanambi - Bahia