Prefeitos se reúnem com bancada federal na UPB

27 de outubro de 2017

Como parte das mobilizações realizadas nesta quinta-feira (26) pela União dos Municípios da Bahia, na paralisação das prefeituras baianas, foi realizada uma reunião na sede da UPB com a bancada de senadores e deputados federais do estado.  Na abertura, o diretor da entidade e prefeito de Belo Campo, José Henrique Tigre, solicitou o apoio dos parlamentares para conquistar no pleito de R$4 bilhões de auxílio financeiro para os municípios brasileiros fecharem as contas até o final do ano.

“Esse movimento é representado aqui hoje por mais de 90% dos municípios, que não suportam mais as dificuldades financeiras, as quedas de receita e as injustiças criadas pelos próprios legisladores. A queda de receita é tamanha que tem prefeitos atrasando folha de pagamento dois, três meses e sendo taxado de ladrão. Prefeito não paga porque não tem dinheiro. Existe bom pagador sem dinheiro?”, questionou aos participantes da mobilização.

Na ocasião, o senador Otto Alencar listou uma série de desonerações feitas desde 2002, que implicaram na redução da arrecadação dos municípios. “Sempre que há uma crise nacional, a retenção ou a diminuição dos recursos são feitos nas contas das prefeituras”. A senadora Lídice da Mata ressaltou o quanto é difícil fazer chegar ao Congresso Nacional o clamor dos municípios e propôs empenho dos parlamentares, com a adoção de uma agenda municipalista. “A questão da medida provisória para garantir o aporte do R$4 bilhões é absolutamente indispensável. Se há um compromisso da bancada federal com os municípios, vamos barrar qualquer decisão inclusive na votação do orçamento”, conclamou os colegas.

Para o deputado federal Cláudio Cajado, o movimento deve construir uma pauta enxuta e os parlamentares devem prestar apoio à causa municipalista “independente da sua posição política partidária”. Já o deputado federal Bebeto Galvão, criticou o teto imposto pelo governo federal para investimento e custeio da saúde e educação. “Essa agenda não é apenas da governança dos prefeitos, mas, sobretudo, da melhoria do padrão de receita dos municípios”, afirmou. Ascom UPB

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Entre em contato conosco 😊

Travessa Cincinato Fernandes 265
Centro, Guanambi - Bahia