Primeiro dia de chuva na mesorregião de Guanambi vai além da média estabelecida pelo INPE

2 de janeiro de 2020

Foto: Baixio, na propriedade de Jorge veterinário ( Guanambi )

O Grupo Agropecuária Forte de produtores de toda mesorregião de Guanambi, através do Marco Aurélio, zootecnista e consultor em bovinocultura de leite informou que as chuvas ocorridas nesta quarta (01), foram além do esperado de acordo a previsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Confira o índice pluviométrico ocorrido nesta noite:

  • Fazenda Murzelo (Candiba-BA):  75 mm;
  • Faz ressaca (Candiba): 95 mm
  • Região de Pindorama:  65mm;
  • Morro de Dentro (Guanambi): 70 mm;
  • Centro da cidade (Guanambi):  55 mm;
  • Lagoa do arroz depois do Surua (Guanambi): 45mm;  
  • Ceraíma (Guanambi): 50 mm;
  • Mutans : 35 mm;
  • Ventura, Mutans (Guanambi): 65mm;
  • Pinga fogo:  40mm;
  • Pau de colher (Guanambi): 80 mm;
  • Fazenda Veredinha (Guanambi): 75mm;
  • Fazenda de Pedro Contador (Guanambi): 120 mm;
  • Recanto do Vaqueiro (Guanambi): 45mm;
  •  Baixio, na propriedade de Jorge veterinário ( Guanambi ): 80 mm;
  • Lagoa do Sal  (Guanambi ): 60 mm;
  • Estancia Peri Peri:   70 mm;
  • Serra Solta em Serra do Ramalho: 90 mm;
  • Pindai:  37mm;
  • Malhada-BA: 46 mm;
  • Faz Boa Vista perto do Julião (Malhada): 55mm;
  • Fazenda São Miguel (Sebastião Laranjeiras): 72mm;
  • Articum  (Palmas de Monte Alto): 71mm
  • Agrovila 23 (Carinhanha): 100 mm.

Feira da Mata – BA

De acordo o produtor rural, Luiz Carlos da Bahia Solo, o INPE estimou uma média de 100mm de chuvas até o dia 9 de janeiro para essa região.

Fotos: Produtores do Grupo Agropecuária Forte

Portal Fala Você.

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Entre em contato conosco 😊

Travessa Cincinato Fernandes 265
Centro, Guanambi - Bahia