Decisão Polêmica: Prefeito Nal Azevedo estabelece feriado na Quarta-feira de Cinzas em Guanambi

8 de fevereiro de 2024

O prefeito Nal Azevedo surpreendeu a população ao anunciar, através do decreto de Lei Nº 1824/24, que os dias de Carnaval, segunda-feira (12/02), ponto facultativo, terça (13/02) e quarta-feira de cinzas (14/02), seriam considerados feriados municipais em Guanambi. A decisão gerou insatisfação na classe lojista, especialmente pelo fato de a quarta-feira de cinzas, historicamente dedicada à retomada das atividades comerciais no meio do dia, agora se tornar um feriado oficial.

O Prefeito Nal Azevedo, ao ser questionado sobre a medida, destacou que não foi o primeiro a decretar feriado na quarta-feira de cinzas. Prefeitos anteriores, como Charles Fernandes, Jairo Magalhães e até o próprio Nilo Coelho, já adotaram essa prática. Charles decretou em 2015 e 2016, enquanto Jairo decretou de 2017 a 2019.

A justificativa apresentada por Azevedo revela que representantes de instituições bancárias o procuraram, argumentando que os funcionários se queixavam do retorno após o carnaval, trabalhando apenas duas horas do expediente. Esta prática já era adotada pelos prefeitos anteriores.

Enquanto os comerciantes expressam preocupação com o impacto negativo no setor econômico, os funcionários celebram a notícia, pois terão um dia adicional de descanso. A medida, no entanto, levou a CDL de Guanambi a agir em nome dos comerciantes, pressionando o gestor municipal para reverter a decisão. A entidade enviou um ofício ao executivo, manifestando profunda indignação e surpresa com o decreto. A CDL destaca a importância do comércio para a economia local e aponta o impacto negativo na geração de renda para a cidade.

Argumentos da CDL:

  • Inexistência de festividades carnavalescas na quarta-feira de cinzas: Ao contrário de cidades com grandes festividades carnavalescas, Guanambi não possui eventos oficiais programados para a quarta-feira de cinzas. Cidades como Salvador e Rio de Janeiro, mesmo com tradição carnavalesca, não instituíram feriado nesse dia.
  • Impacto negativo no comércio: O feriado na quarta-feira de cinzas resultará em um dia a menos de trabalho para o comércio local, prejudicando o setor em um período crucial para preparativos da Páscoa e Dia das Mães. A mudança no calendário gera dificuldades logísticas e operacionais, causando perdas significativas, especialmente para os pequenos negócios.
  • Prejuízos para a economia local: Além de afetar o comércio, o feriado pode prejudicar outros setores da economia local, gerando transtornos para a população e representando prejuízos financeiros significativos, especialmente para pequenos e médios empresários.

A CDL Guanambi destaca que a decisão do feriado não foi discutida previamente com a classe lojista, e se coloca à disposição para dialogar e encontrar alternativas que minimizem os impactos negativos. O diálogo entre a Prefeitura e a classe empresarial é considerado fundamental para o desenvolvimento do município.  

 

Edição: Neide Lu (MTBE 6466), Portal Fala Você Notícias.

CompartilheShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Entre em contato conosco 😊

Email: [email protected]
Telefones: 77 99804-6819
Travessa Cincinato Fernandes 265
Centro, Guanambi - Bahia